Desde o início do YouTube, diversos criadores de conteúdo publicam vídeos mostrando armas, acessórios, e dicas de armamento. Após o atentado em Las Vegas, o YouTube decidiu banir qualquer vídeo que ensine modificações em armas, visto que os apetrechos geralmente utilizados nos vídeos são os mesmos que o atirador usou no atentado.

“Bump stock” é o nome de um acessório usado para deixar a arma ainda mais mortal ao possibilitar que o equipamento dispare mais rapidamente. Tudo isso pode ser adicionado à arma por apenas 100 dólares, preço muito baixo visto que a economia dos Estados Unidos é uma das maiores do mundo.

“Nós temos uma política contra conteúdo ameaçador e perigoso e, na sequência da recente tragédia em Las Vegas, olhamos mais de perto para vídeos que demonstravam como converter armas de fogo e torná-las capazes de disparar mais rapidamente, e então expandimos a nossa política para proibir esses vídeos”, afirmou um porta-voz do YouTube.

 

Fonte: CanalTech