A situação política no Brasil está passando por um dos piores momentos de sua história, com isso surgem diversas oportunidades para criadores de conteúdo produzirem algo relacionado a esse momento. A presidente Dilma Rousseff está com uma enorme reprovação e, obviamente, a maioria dos vídeos terá como objetivo criticar o governo da petista…mas e se fosse ao contrário?

Fonte: Brasil 247
Fonte: Brasil 247

Não obstante, o grupo Porta dos Fundos ao invés de criticar a presidente, criticou a atuação da Polícia Federal, o PMDB (Partido do Movimendo Democrático Brasileiro) e o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira). Em relação aos partidos, a maioria das pessoas não se manifestaram contra a opinião expressa no vídeo, porém, o maior repúdio foi com a ridicularização da Polícia Federal, esta que vem sendo ovacionada pela população por conta da Operação Lava Jato.

Você pode conferir o vídeo logo abaixo.

O vídeo “DELAÇÃO” começou a receber uma grande quantidade de comentários contra a ideia exposta no mesmo, além de muitos dislikes. A Porta dos Fundos também perdeu – e está perdendo – diversos inscritos. Desde ontem até o momento da publicação dessa notícia, mais de 20 mil pessoas se desinscreveram do canal.

Contraste entre likes e dislikes.
Contraste entre likes e dislikes.

Antonio Tabet, um dos fundadores do grupo, se manifestou sobre o assunto em seu Twitter:

“A Porta, como grupo, reflete essa pluralidade. O que é saudável num país onde política é futebol, futebol é religião e religião é política.” – DISSE ANTONIO

Para conferir a situação de inscritos em tempo real do canal Porta dos Fundos, clique aqui.

 

Fonte: Porta dos Fundos

  • Mac Jhones

    não assisto esse canal, ms.. tem mts provas, videos, gravações, fotos e outros contra corruptos e ninguém faz nada e nem vão fazer. 😉

  • Renan Alguma Coisa

    “o maior repúdio foi com a ridicularização da Polícia Federal” aham… tah, doce ilusão