Em meados deste ano, o YouTube anunciou que estava alterando algumas de suas diretrizes para combater conteúdos de ódio que eram publicados na plataforma. Agora, a gigante do Vale do Silício revelou as estatísticas para mostrar quão eficaz é a sua nova política.

Depois das mudanças nas regras, cerca de 83% dos vídeos de terrorismo estão sendo removidos do YouTube antes dos usuários enviarem denúncias ao setor responsável. Isso se deve ao fato de o sistema realizar a análise combinando inteligência artificial e ações humanas. Se um conteúdo agressivo for identificado automaticamente, ele será enviado para que uma pessoa analise o vídeo.

“8 a cada 10 vídeos de terrorismo são removidos antes mesmo de serem denunciados por usuários humanos.”

Nesta última quarta-feira (18), a Google informou que assinou acordos com 35 organizações não governamentais para que o sistema de revisão de conteúdos extremistas seja aprimorado.

 

Fonte: TecMundo