Whindersson Nunes, o maior influenciador do Brasil, contou para a revista Trip como lida com a fama e respondeu a outras questões. Segundo o criador de conteúdo, ele não se incomoda com a constante abordagem dos fãs que o param na rua para fotos e autógrafos.

Crédito: Beto Moraes
Crédito: Beto Moraes

Na mesma entrevista, o comediante falou acerca do dinheiro, trabalho e algumas extravagâncias, como a recente aquisição de um avião particular.

“Não posso parar de trabalhar porque o dinheiro é traiçoeiro, né? Dinheiro ilude as pessoas. Você pensa que tem e aí não tem. E muitas pessoas dependem de mim, não só a minha família. Tenho uma empresa, tem funcionários, todo mundo tem suas coisas baseado no emprego que tem.”

Whindersson comprou um avião particular com oito lugares que será usado para facilitar a vida dele e de sua equipe que o acompanha para os shows.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Dentre várias perguntas, o youtuber aproveitou ainda para falar sobre o início de tudo e contou como foi receber os primeiros pagamentos da Google.

“Nem imaginei que se ganhava dinheiro com o que eu fazia. Eu era um aspirante a técnico de informática. Quando vi que podia rentabilizar o que eu amava fazer, pensei: ‘agora vou fazer isso ficar sério’”

O primeiro pagamento de Whindersson Nunes como criador de conteúdo

O influenciador digital contou que recebeu R$600 e percebeu que poderia rentabilizar ainda mais o que gostava de fazer. No mês seguinte, recebeu mais de R$2.000,00 e com o dinheiro comprou uma televisão de 50 polegadas que ofereceu para o pai e provou à família que produzir vídeos era um trabalho sério.

Casamento?

Com a noiva, a cantora e compositora Luísa Sonza, o irmão Harisson, e a cunhada, em São Paulo Crédito: Beto Moraes
Com a noiva Luísa Sonza, o irmão Harisson, e a cunhada, em São Paulo. (Crédito: Beto Moraes)

Whindersson ainda foi questionado acerca do futuro e disse que um de seus planos é se casar com a também youtuber e cantora Luísa Sonza. Apesar do casal já morar junto, ele sonha com um casamento tradicional, com padre, igreja e a noiva de véu.

A entrevista completa pode ser conferida na revista Trip clicando aqui.