Após a criação da aba “Em Alta”, no YouTube, se tornou comum observar que há vídeos de emissoras de televisão e outras grandes empresas da área de audiovisual sendo publicados na plataforma. Mas você já se perguntou se esses conteúdos estão respeitando os termos estabelecidos pela Google? A maioria não.

Pode não parecer problema algumas pessoas publicarem conteúdo de terceiros de modo ilegal no YouTube, mas a partir do momento que avalia-se as consequências desses atos, aí percebemos como isso é prejudicial. Primeiro porquê os canais que disponibilizam essas obras violando as regras conseguem, em boa parte das vezes, monetizar os vídeos. E segundo porquê os verdadeiros youtubers, isto é, aqueles que produzem conteúdo original, acabam sendo prejudicados.

Como o próprio YouTube não consegue resolver essas adversidades – mesmo quando notificado -, faz-se necessário recorrer às empresas que tiveram seus direitos autorais violados. Neste artigo, iremos ensinar você a denunciar os canais que estão publicando obras de terceiros ilegalmente.

 

Primeiro passo

Em primeiro lugar, você deve identificar o canal infrator. Basta observar qual é o nome do mesmo e se não se trata do canal oficial do detentor dos direitos autorais.

 

Segundo passo

Agora, você deve verificar se o conteúdo publicado por esse canal não-oficial está de fato infringindo as Diretrizes da Comunidade. O YouTube permite utilizar obras de terceiros em fair use (uso justo, em tradução livre), ou seja, inserir pequenos trechos em um vídeo produzido originalmente pelo canal. Caso a obra protegida por direitos autorais foi disponibilizada durante um longo período, ou se a mesma ocupa o tempo inteiro do vídeo, pode-se afirmar que o canal está infringindo os direitos autorais.

 

Terceiro passo

Após avaliar o canal e o vídeo e ter a certeza de que o conteúdo foi disponibilizado de modo ilícito, basta pesquisar qual empresa detém os direitos autorais do conteúdo violado. Uma pesquisa no Google irá te informar essa resposta.

 

Quarto passo

Esta é a etapa mais importante: elaborar uma mensagem denunciando o canal. Antes, você precisa encontrar qual é o e-mail do setor antipirataria da empresa que teve seus direitos violados. É para esse endereço eletrônico que deverá ser encaminhada a denúncia. Geralmente, os e-mails antipirataria são de difícil acesso e ficam na área de Termos e Condições de Uso (ou algo similar) no site oficial da empresa. Caso você não encontre, poderá enviar para o endereço eletrônico de contato da corporação.

Pode ser que seja necessário escrever a denúncia em inglês. Basta utilizar um tradutor.

Abaixo seguem os e-mails dos setores antipirataria das empresas que mais têm seus conteúdos violados.

Disney (desenhos e séries): tips@disneyantipiracy.com

Rede Globo (programas de televisão): csirt@csirt.globo

FOX (séries): support@fox.com

AMC (séries): info-amc@amc.com

Cartoon Network (desenhos e séries): juridicobrasil@turner.com

EXEMPLO DE DENÚNCIA

Gostaria de denunciar um canal do YouTube que está infringindo os direitos autorais da (nome da empresa que detém os direitos autorais). Abaixo seguem os links do conteúdo violado:

https://www.youtube.com/nomedocanalaqui
https://www.youtube.com/URLdovideoinfratoraqui
https://www.youtube.com/URLdovideoinfratoraqui
https://www.youtube.com/URLdovideoinfratoraqui

Atenciosamente,
Seu nome.

 

  • Vinicius Alcantara

    Me permite gravar este texto em um vídeo?

    • Luis Miguel Andrade

      Sim, ficamos aguardando o seu vídeo, só pedimos para deixar os créditos.

  • Márcio Ferreira

    Tem uns caras no youtube que usa o recurso do content id do próprio youtube para burlar o sistema. O cara é até dono de várias network aqui no Brasil.

  • Francisco Amado

    Tire essa palavra capitalista, seu socialista dedo duro.

    • Amigo, somos árduos defensores da livre concorrência, mas realizar o upload de um conteúdo que não foi por você produzido e ganhar dinheiro com isso ou se beneficiar de alguma forma, é crime. São regras estabelecidas por empresas privadas que querem proteger seus conteúdos.

  • Edgar Svinsom

    Eu vim pelo Contente e tenho um pensamento diferente da Matéria. Em primeiro lugar, respeitos os Produtores de conteúdo, mas eu falo como Consumidor e espero o mesmo Respeito.
    *Eu moro no Brasil fica muito difícil seguir tais Regras com esses Políticos ladrões.

    *Ser uma Pessoa honesta (Como já estamos cansado de ver), é ser taxado como Mané. Ex: Um Americano compra uma Bmw ele paga em 4/6 meses de trabalho e um Brasileiro demoraria 79/83 meses…. Comparado ao salário. Se for pegar na realidade o americano iria demorar 12/13 meses e um brasileiro demoraria 167/170 meses.

    *Por está no Brasil vivendo nesse Mar de Circo, fica difícil ter um poder aquisitivo suficiente para poder pagar por Serviços legais, com isso, esses Serviços legais são caros e injusto, não tem um Suporte descente.

    *Falando como Consumidor, procuro sempre por conteúdo simples e prático, não vou me limitar e não assistir algo, só porque vem de outra pessoa.

    Bom, sei que esse Comentário nem vai ficar visível ao Público, porque foi algo que vocês não querem propagar e deixar a aquela Mensagem de boas vizinhanças, mas ta ai minha Opinião.

    • Boa noite, Edgar!
      Seu comentário vai ficar visível ao público sim. Somos defensores da liberdade de expressão.
      Concordamos com você em parte. De fato o governo brasileiro dificulta a prática do livre mercado, o qual deixaria o conteúdo original muito mais barato, livre de impostos abusivos. Entretanto, devido a alta carga tributária e a burocracia excessiva, é muito comum existir pirataria no nosso país. Porém, continua sendo errado.

      • Edgar Svinsom

        Sim. Fato que Pirataria é crime e sabemos que um erro não justifica outro, isso concordo.
        —–
        Não estou afirmando, mas é fato que o Youtube “Libera” esse tipo de conteúdo… Na minha opinião, Google/Youtube não está sendo muito confiável em matéria de repasse de lucros, como se via a alguns meses atrás, podíamos fechar os olhos que estaria tudo bem, era até orgulho, em um mundo onde impera a safadeza, uma empresa grande pensa antes do lucro, satisfação dos usuários. Tudo mudou…

        agora eu vejo que o google/ youtube não deixa pessoas crescerem e a pessoa que cresce, sempre acontece um misterioso bugs, em pleno 2017. Porque esses bugs sempre acontece para baixo, e não para o alto? Kkkk
        dados não são confiáveis? Então porque bancos consegue operar?

        essas questões que me fazem questionar: O quanto estamos sendo burro uns com os outros…. Enquanto se preocupamos em ser certos e de fato, temos que ser certos. Pessoas que deveriam garantir nossas diversão ou questões envolve constituição (política) não acontece… E no final culpam o povo… Joga a responsabilidade em cima do povo.