Em junho deste ano, um jovem de 22 anos foi morto durante a gravação de um desafio para seu canal no YouTube. No vídeo, a americana Monalisa Perez, namorada de Pedro Ruiz, atirou em um livro com uma pistola Desert Eagle calibre 50 para ver se o objeto seria capaz de parar uma bala. Segundo Monalisa, a ideia foi de Pedro, que a convenceu a gravar o vídeo.

A americana se declarou culpada pelo homicídio e aceitou cumprir uma pena de seis meses na prisão. De acordo com veículos de comunicação de Minnesota, a pena deve ser confirmada por um juiz ainda no começo do próximo ano.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Pedro, que levou o tiro enquanto se protegia com o livro, morreu na hora e a tragédia foi gravada por uma câmera GoPro que ele portava.

O acordo com os promotores estabelece que Monalisa Perez cumprirá três meses de prisão em regime fechado e os outros três meses em prisão domiciliar vigiada, afirmou o Minneapolis Star Tribune.

 

Fontes: Star Tribune e G1